Durante muitos anos, o Pico dos Marins foi considerado o ponto culminante do estado de São Paulo, mas a descoberta de vários picos mais altos na serra Fina, um setor da serra da Mantiqueira, fez com que essa informação fosse retificada. Apesar disso, o Pico dos Marins continua sendo um dos pontos mais altos do estado e um destino turístico popular entre os amantes de aventura e natureza.

Localizado a menos de 1 km ao sul da crista principal da serra da Mantiqueira, o Pico dos Marins está na divisa dos municípios de Piquete-SP e Marmelópolis-MG, inteiramente dentro do território paulista. O conjunto principal do Maciço dos Marins é composto por três pontiagudos cumes de pedra, sendo o Pico dos Marins o mais elevado e o mais acessível aos montanhistas, graças à sua face norte, menos vertical.

A subida até o cume do Pico dos Marins é considerada uma das trilhas de montanha mais bonitas e preservadas do país, com uma dificuldade média/pesada. O caminho é do tipo “escalaminhada”, não sendo necessários equipamentos especiais como cordas e grampos, mas é sempre recomendado contar com ajuda de guias para evitar perder-se na trilha. No entanto, não é recomendado subir em dias chuvosos, pois não há abrigo da chuva ou relâmpagos.

Quem pretende passar a noite no topo do Pico dos Marins deve ter atenção especial para evitar a hipotermia, já que mesmo no verão, em algumas madrugadas, a temperatura pode chegar até 0ºC e no inverno atingir até -12ºC. O clima da região é frio durante todo o ano, com média anual inferior à de São Joaquim (SC), considerada uma das cidades mais frias do Brasil.

Apesar de não ser mais considerado o ponto culminante de São Paulo, o Pico dos Marins é ainda um marco geográfico facilmente visível e reconhecível a partir de uma ampla faixa do Vale do Paraíba e das montanhas da Mantiqueira. Apesar de estar inteiramente em território paulista, seu acesso é feito pela cidade mineira de Marmelópolis.

Assim, o Pico dos Marins continua sendo uma atração turística popular para os aventureiros que buscam uma experiência única em contato com a natureza, desfrutando de uma paisagem deslumbrante e da adrenalina que a escalada proporciona.

Mas lembre-se, ao visitar o Pico dos Marins, é importante preservar a natureza e respeitar a vida. Pois onde a vida é verde, o que vale é viver.

PUBLICIDADE